Antonio Izidoro - CRP: 14/02004-4
Isabela Rocha Izidoro - CRP: 14/07081-8
Lilian Cecília Rocha - CRP: 14/01744-8

 

Firmino Vieira de Matos, 1297 - Dourados/MS
Tel: (67) 3421-8139 | 99696-8139

 

Terapia Cognitivo-Comportamental

Nós temos milhares de pensamentos diariamente, muitos dos quais passam totalmente despercebidos, porque não estamos conscientes deles. Constantemente interpretamos e avaliamos as situações que ocorrem conosco. Algumas vezes muitos dos nossos problemas são porque interpretamos os eventos inadequadamente e, em consequência, reagimos de forma inadequada. Outras vezes, enxergamos a situação de uma forma acertada, mas não sabemos lidar com ela de forma adequada. Na Terapia Cognitivo-Comportamental - TCC, nosso trabalho é identificar os pensamentos, descobrir se as avaliações e interpretações que se dão para as situações estão acertadas e se é útil pensar e olhar para as coisas da forma como se olha. Se estivermos interpretando incorretamente as situações, um objetivo terapêutico é aprender a reconhecer quando a interpretação está equivocada e olhar para a situação de uma forma mais acertada. Se estivermos interpretando a situação de uma forma clara e, de fato, aquilo que se está interpretando está correto, então o objetivo terapêutico é aprender formas mais adequadas de lidar com a situação que se apresenta. A Terapia Cognitivo-Comportamental - TCC representa a combinação de estratégias comportamentais e processos cognitivos com a finalidade de promover mudanças cognitivas e comportamentais. Isto ocorre através do emprego de um estilo de relação terapêutica colaborativa e direcionada para ação. Nesse sentido, a psicoterapia é um espaço de esforço de colaboração mútua, onde o terapeuta está permanentemente interagindo com o paciente, enquanto este é estimulado a ter uma postura ativa no processo. Ambos focam os pensamentos e comportamentos problemáticos, que por sua vez são explorados empiricamente quanto a sua veracidade.

"O que perturba o ser humano não são os fatos, mas a interpretação que ele faz dos fatos." Epitectus – Século I

KNAPP, P. et al. Terapia cognitivo-comportamental na prática psiquiátrica. Porto Alegre: Artmed, 2004.
RANGÉ, B. et al. Psicoterapias cognitivo-comportamentais: um diálogo com a psiquiatria. Porto Alegre: Artmed, 2001.
WRIGHT, J. H. et al. Aprendendo a terapia cognitiva-comportamento um guia ilustrado. Porto Alegre: Artmed, 2008.